Última hora

Última hora

Desemprego aumenta em Espanha

Em leitura:

Desemprego aumenta em Espanha

Tamanho do texto Aa Aa

O número de desempregados em Espanha voltou a aumentar em outubro.

Os dados divulgados pelo Ministério do Emprego revelam um aumento de 2,7 por cento face ao mês anterior.

A agricultura, os serviços e a indústria são os setores mais afetados.

Desemprego, perda do poder de compra e aumento de impostos prometem contribuir para uma elevada adesão à greve geral agendada para 14 de novembro

“Não sei de quem é a culpa, se do PP ou dos socialistas, mas a situação é complicada. Creio que não estão a fazer o que é preciso e acredito que podiam fazer as coisas de outra forma” afirma uma mulher.

“Nem a oposição, nem o governo estão a fazer o que deviam. Penso que devemos punir os partidos nas eleições porque essa é a única alternativa que nos resta já que estamos a perder outras como o direito a nos manifestarmos” refere um homem.

A greve geral agendada para 14 de novembro em Espanha, a segunda do ano, coincide com duas outras paralisações em Portugal e na Grécia. Um protesto à escala europeia contra a cura de austeridade.