Última hora

Última hora

G20: "Precipício fiscal" americano ameaça economia mundial

Em leitura:

G20: "Precipício fiscal" americano ameaça economia mundial

Tamanho do texto Aa Aa

A economia mundial enfrenta um perigo imediato. Vários ministros das Finanças e governadores de bancos centrais do G20 estão reunidos na Cidade do México. Ontem, alertaram para o perigo que constitui o chamado “precipício fiscal” na América. A crise na Europa é outro dos problemas que necessita de solução urgente. O secretário americano do Tesouro, Timothy Geithner, e o governador do BCE, Mario Draghi, não se deslocaram ao país da América Central.

“Os Estados Unidos têm que encontrar uma resposta para o seu precipício fiscal. Quem quer que seja eleito na terça-feira tem de trabalhar com o Congresso e encontrar uma solução. E a Europa tem de pôr a casa em ordem. Creio que na Europa o pior ainda está para vir” – afirmou o ministro indiano das Finanças, Shri P. Chidambram.

Se os congressistas americanos não alcançarem um acordo até ao final do ano, o governo federal terá que impor um corte imediato na despesa pública de 600 mil milhões de dólares e aumentar os impostos o que pode empurrar a economia para a recessão.