Última hora

Última hora

Obama e Romney em "sprint" final sem vencedor anunciado

Em leitura:

Obama e Romney em "sprint" final sem vencedor anunciado

Tamanho do texto Aa Aa

Tudo está em aberto na véspera das presidenciais norte-americanas.

Depois de meses de uma luta renhida, nenhum dos candidatos à Casa Branca conseguiu conquistar uma vantagem significativa.

Mitt Romney escolheu para esta segunda-feira os Estados-chave da Virginia, Ohio, New Hampshire e Flórida. O candidato republicano fará campanha até ao último minuto, regressando no próprio dia do escrutínio ao Ohio e passando ainda pela Pensilvânia.

Romney: “A porta para um futuro melhor está aberta. Está à nossa espera. Preciso do vosso voto, da vossa ajuda, caminhem comigo para dar início a um novo amanhã. Vamos reconquistar este país e torná-lo mais forte, orgulhoso e próspero.”

Apesar do empate técnico nas sondagens, os analistas acreditam que Romney precisa de conquistar a quase totalidade dos Estados-chave para desalojar Barack Obama, enquanto uma vitória do presidente no Ohio pode ser suficiente para garantir a reeleição.

Com Bruce Springsteen como apoiante de peso no último dia de campanha, Obama usou o furacão Sandy como metáfora para a necessidade de união:

“Independentemente de quão má seja a tempestade, estaremos lá, juntos. E vamos recuperar, juntos. Estamos juntos nisto. Caímos e levantamo-nos como uma nação e como um povo.”

Depois do Wisconsin, Obama passa pelo Ohio e pelo Iowa, antes de viajar para Chicago onde aguardará os resultados para saber se fica mais quatro anos na Casa Branca.