Última hora

Última hora

Cidade adotiva de Obama dividida na hora da votação

Em leitura:

Cidade adotiva de Obama dividida na hora da votação

Tamanho do texto Aa Aa

As presidenciais norte-americanas estão a ser acompanhadas com especial atenção em Chicago: cidade adotiva do candidato democrata.

A Euronews foi conhecer a comunidade onde Barack Obama prestou serviço antes de enveredar pela política. Quem conhece o candidato defende que em jogo está muito mais que uma eleição.

“Esta eleição não é sobre Obama. Ele está na linha da frente, mas o movimento não acaba com uma derrota eleitoral. Se isso acontecer vai ser preciso voltar a organizar o movimento” afirma o reverendo Alvin Love.

O entusiasmo de há quatro anos em volta de Obama dá, agora, lugar uma tranquilidade inquietante. Uma apatia que de acordo com os analistas pode beneficiar o candidato republicano.

“Quem vai ganhar? Penso que vai ser renhido. Espero que Mitt Romney” refere um eleitor de Chicago.

Outro adianta: “estou dividido porque se Romney ganhar a imagem dos Estados Unidos a nível internacional pode mudar, mas ao mesmo tempo precisamos que a economia volte a funcionar”

Euronews: “Depois de uma longa e amarga campanha eleitoral chegou, finalmente, o dia das eleições. O entusiasmo aumenta um pouco por todo o país. O maior receio das pessoas é que o escrutínio seja tão renhido que na terça-feira à noite não seja possível conhecer o vencedor.”