Última hora

Última hora

Estados Unidos: "best off" da campanha

Em leitura:

Estados Unidos: "best off" da campanha

Tamanho do texto Aa Aa

Uma campanha eleitoral interminável com custos gigantescos: 17 meses para convencer os eleitores, que custaram seis mil milhões de dólares e 14 comícios em 12 Estados diferentes nos últimos 12 dias.
A corrida à Casa Branca foi mais renhida do que se pensava. O presidente cessante democrata era o favorito no início mas o rival depressa se reergueu depois das primárias republicanas e do primeiro KO televisivo:

Mitt Romney:

“Tenho cinco filhos. Estou acostumado a que as pessoas não digam sempre a verdade, mas repetem tantas vezes uma inverdade que acabam por acreditar nela, como eu acreditei….mas desta vez não é o caso: eu não vou reduzir os impostos dos mais ricos da América.”

Romney deu ainda a hipótese, em Boca Raton, de Obama reaver a imagem de Comandante em Chefe para traquilizar os americanos no debate de política externa depoisd e uma “gaffe” de Romney:

“Mencionou a Marinha, por exemplo, dizendo que temos menos barcos do que em 1916. Bem governador, também temos menos cavalos e menos baionetas porque a natureza militar mudou. Temos navios a que se chamam porta aviões onde os caças bombardeiros aterram.”

Mas a campanha também teve momentos de distensão com humor dos candidatos. Foi o caso da gala de Caridade da Arquidiocese de Nova Iorque.

Mitt Romney: “As campanhas podem ser esgotantes. O presidente Obama e eu temos a sorte de ter sempre a alguém ao lado, alguém que nos apoia, uma companhia reconfortante, sem a qual não poddíamos seguir em fremnte. Eu tenho a minha mulher, Ann, e ele tem Bill Clinton…”

Barack Obama:

“A situação no mundo é um desafio para qualquer candidato. Devem lembrar-se da minha primeira viagem ao estrangeiro, em 2008, em que fui tão atacado cmo uma celebridade por ser popular no exterior. E estou impressionado com o modo como o governador Romney evitou o problema. “

A reta final da campanha não foi tão pacífica surgiram acusações tão graves que podem mesmo afetar o ato eleitoral em si.