Última hora

Última hora

Governo da Síria no exílio tenta reunificar e planear futuro

Em leitura:

Governo da Síria no exílio tenta reunificar e planear futuro

Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho Nacional Sírio está a proceder a uma restruturação depois das denúncias recebidas de Washington. Não só elegeu novos líderes, como acusou a comunidade internacional de inação em relação aos massacres na Síria.
Os Estados Unidos não consideram que o CMS seja capaz de dirigir a oposição e pediu uma representação mais ampla.
Riad Seif é a mente da iniciativa para unificar a oposição, tem 66 anos.

Abdulbaset explica o que se passa.

Não se pode formar um governo interino no exílio. É algo que tem de ser feito em solo nacional para responder às necessidades da população. Além de ser feito a nível interno precisa de proteção para os ataques aéreos do governo.”

A cimeira de Doha reune partidos diferentes da oposição que vão tentar chegar a consenso nesta nova etapa da guerra na Síria, mas não todos.

“As divergências continuam com o tempo. Na quinta feira há que definir procedimentos, e em que termos deve ser feito o apoio da comunidade internacional, entre outros temas, no encontro em que se espera, a oposição ficar mais unida a outros partidos árabes e internacionais.”