Última hora

Última hora

Grécia: Receitas turísticas em queda

Em leitura:

Grécia: Receitas turísticas em queda

Grécia: Receitas turísticas em queda
Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia continua a ser um destino turístico de predileção, mas para os gregos que vivem do setor é cada vez mais difícil, sobretudo, este ano.
 
O número de turistas deverá rondar o recorde de 16,5 milhões, mas devido à instabilidade política da primavera, a época turística começou mais tarde. O setor hoteleiro afirma que os prejuízos deverão rondar 10 a 12%.
 
George Tsakiris, presidente da associação hoteleira, explica: “Os números das receitas não serão bons, porque falhamos o início da época e depois tivemos de fazer descontos para atrair clientes”.
  
Em Kos, uma das ilhas mais visitadas, os habitantes antecipam um inverno muito difícil.
 
Enquanto proprietário de um restaurante e presidente da respetiva associação profissional, Petros Chatzivelonis, defende: “Perdemos o mês de abril, maio e junho. O resultado é que trabalhamos só julho e agosto e dois meses não chegam para cobrir os outros dez”.
 
Se a restauração e os hotéis ainda funcionam, há outras atividades que afundaram. Um monitor de mergulho evoca uma queda de 80% do negócio no último ano.