Última hora

Última hora

Suspeitas de fraude levam à destituição de ministro da Defesa russo

Em leitura:

Suspeitas de fraude levam à destituição de ministro da Defesa russo

Tamanho do texto Aa Aa

Os escândalos de corrupção e o mal estar atingem as forças armadas russas.

O presidente Vladimir Putin, que tenta fazer do combate à corrupção uma arma de poder, destituiu hoje o seu ministro da Defesa, Anatoly Serdyukov por suspeitas de fraude.

Para o cargo, o chefe do Estado nomeou Sergey Shoygu, ex-ministro de Situações de Emergência e atualmente governador da província de Moscovo.

Atualmente, está em curso uma investigação por suspeita fraude com bens do Ministério da Defesa num valor a rondar 100 milhões de dolares, na qual estaria envolvida a empresa Oboronservice, dependente dessa pasta.

A empresa era utilizada para vender património do estado, bens imobiliários e ações a preços abaixo dos praticados pelo mercado.

Serdyukov, genro do ex-primeiro-ministro Viktor Zubkov, foi nomeado ministro da Defesa em 15 de fevereiro 2007 sendo o primeiro civil a assumir a chefia do ministério mas não chegou a impor as reformas que era suposto realizar devido à oposição dos militares.