Última hora

Última hora

18º Congresso do Partido Comunista Chinês: A transição tranquila

Em leitura:

18º Congresso do Partido Comunista Chinês: A transição tranquila

Tamanho do texto Aa Aa

À melhor imagem de Hollywood, arrancou esta quinta-feira o 18º Congresso do Partido Comunista da China.

2000 delegados vão escolher o sucessor anunciado de Hu Jintao.

O presidente discursou 90 minutos na presença do primeiro-ministro Wen Jiabao e daquele que deverá assumir os destinos do partido e depois da nação, Xi Jinping.

Vice-presidente desde 2008, Xi Jinping criou uma imagem de pragmático, autoconfiante e de personalidade aberta ao diálogo.

Na alocução inaugural do Congresso, Hu Jintao alertou para o flagelo “da corrupção” que assola a China, uma luta que se for perdida “pode revelar-se fatal para o partido e mesmo provocar a queda” do Estado.

Se a tradição se mantiver, o futuro líder irá conduzir a China nos próximos 10 anos, período em que o Império do Meio deve tornar-se na maior economia mundial, mas em que também prometem aumentar as tensões sociais derivadas de uma desigualdade crescente e dos escândalos de abuso de poder para enriquecimento pessoal que estão a minar a imagem do partido único na China.