Última hora

Última hora

Fiscalidade: Primeiro grande obstáculo para Barack Obama

Em leitura:

Fiscalidade: Primeiro grande obstáculo para Barack Obama

Tamanho do texto Aa Aa

Passado o fervor eleitoral, os americanos despertam para a realidade do país. O governo de Obama tem sete semanas para resolver o diferendo em matéria fiscal entre republicanos e democratas. A única solução é conseguir que a presidência e o congresso trabalhem juntos. Questionados sobre se a questão do famoso teto orçamental pode ser ultrapassada agora, os americanos de Washington mostram-se algo céticos:

“Estou um pouco preocupada mas não aterrorizada. Penso que Mitt Romney poderia fazer um melhor trabalho para ultrapassar isso, mas as coisas são assim.”
“Não penso que consigam ultrapassá-la. Penso que não temos tempo suficiente para resolver este assunto.”
“Não penso que seja um problema. Acho que vão conseguir resolver isto antes que expirem os dispositivos fiscais.”

A questão agora é saber até que ponto se vai conseguir unir um país tão profundamente dividido sobre o seu futuro. Em causa está o teto orçamental, que, sem acordo, poderá fazer mergulhar o país numa espiral de 7 biliões de dólares de aumentos de impostos e de corte nas despesas públicas para a próxima década. Muitos americanos acreditam que este receio levará os americanos e o governo a trabalharem juntos.