Última hora

Última hora

China: Congresso do Partido Comunista reforçado por bons indicadores económicos

Em leitura:

China: Congresso do Partido Comunista reforçado por bons indicadores económicos

Tamanho do texto Aa Aa

Os bons indicadores económicos para o mês de Outubro, na China, vêm reforçar a posição dos dirigentes reunidos em Pequim no décimo oitavo Congresso do Partido Comunista.

Segundo as previsões da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico, O PIB da China irá ultrapassar o da Zona Euro em 2012 e, em quatro anos, o país vai ultrapassar os Estados Unidos, tornando-se na maior economia mundial.

Enquanto os líderes chineses preparam a passagem de testemunho entre o presidente Hu Jintao e o vice-presidente Xi Jinping, os números de Outubro revelam subidas na atividade industrial, nas vendas e nos investimentos em capital fixo.

Uma economista diz que são sinais de que “o país iniciou um ciclo de recuperação”.

Os analistas apontam para uma aceleração do crescimento chinês, ao nível mais baixo desde a crise financeira mundial.

Na província de Guizhou, um idoso diz esperar sobretudo “mais reformas sociais e abertura”,
enquanto, em Jiangxi, uma jovem diz que “as condições de saúde e educação em pequenas e médias localidades são ainda deficientes”.

Os problemas de Direitos Humanos continuam também a marcar o quotidiano: durante o Congresso, a vigilância na capital e no Tibete foi reforçada, bem como a censura da internet.