Última hora

Última hora

Iberia vai suprimir 4.500 postos de trabalho

Em leitura:

Iberia vai suprimir 4.500 postos de trabalho

Tamanho do texto Aa Aa

A Iberia anunciou a supressão de 4.500 postos de trabalho, cerca de um quarto dos efetivos.

A medida insere-se no programa de restruturação, com vista à recuperação financeira da companhia aérea espanhola, que integra agora o grupo IAG, depois de ter sido parcialmente absorvida pela British Airways.

A direção da Iberia prepara-se para negociações duras com os sindicatos e estabeleceu a data de 31 janeiro para concluir o processo:

“Pedimos aos sindicatos para negociarem o plano que implica muitos sacrifícios para todos nós, mas vai permitir a viabilidade no futuro e o regresso aos lucros como no passado”, apela Rafael Sánchez Lozano, da direão da Iberia

A Iberia perde cerca de 1,7 milhões de euros por dia, mas os sindicatos veem neste plano “um ataque brutal dos britânicos para financiar a “British Airways” e recusam a negociação:

“Este plano não é negociável. É um plano radical que só pode ter uma resposta radical. É tudo o que temos a dizer”, afirma Francisco Rodriguez, do Sindicato do Setor Aéreo.

O plano prevê a redução em 15% das capacidades da Iberia, com o abandono das ligações menos rentáveis e a paragem de 25 aviões da frota da companhia.

O anúncio do plano de restruturação surge no dia a seguir ao lançamento de uma oferta de compra da companhia espanhola Vueling por parte do grupo IAG.