Última hora

Última hora

Espanha: Manifestações contra política de despejos

Em leitura:

Espanha: Manifestações contra política de despejos

Tamanho do texto Aa Aa

Centenas de pessoas manifestaram-se em Madrid e na cidade de Barakaldo, no País Basco, onde uma mulher se suicidou porque ia ser despejada.

Uma mulher de 53 anos saltou do seu apartamento
situado num segundo andar quando a equipa judicial pretendia executar um mandado de despejo.

Existem atualmente mais de 300 mil espanhóis, impossibilitados de pagar o crédito à habitação.

“Fui a quarta pessoa que viu esta manhã ali no chão essa mulher, porque sou vizinho. O governo devia ter vergonha de acontecerem coisas destas.
Fazem tantos cortes que já não podemos viver”, disse um dos manifestantes.

“Chega de resgates aos bancos e aos banqueiros e resgatem as pessoas porque assim não vamos a lado nenhum. Os usurários têm que ter limites”, afirmou um outro.

Entre 2006 e 2012 foram apresentadas em Espanha cerca de 400 mil execuções hipotecárias, ou seja, cerca de 10 por cento das hipotecas formalizadas. Só no segundo trimestre deste ano foram ordenados mais de 29 mil despejos.