Última hora

Última hora

Obama e republicanos querem evitar “Abismo Fiscal”

Em leitura:

Obama e republicanos querem evitar “Abismo Fiscal”

Tamanho do texto Aa Aa

O primeiro discurso pós eleitoral Barack Obama foi curto e direto. Obama quis que os americanos ouvissem o apelo e mostrou-se pronto a assinar um acordo equilibrado, o mais depressa possível, ainda que tenha que fazer algumas concessões.

Uma mensagem clara aos republicanos para negociações sobre o abismo orçamental:

“Não estou agarrado aos detalhes do meu plano. Estou aberto ao compromisso. Estou aberto a novas ideias. Comprometo-me a resolver o nosso desafio fiscal, mas recuso-me a aceitar qualquer proposta que não seja equilibrada”.

John Boehner, o líder republicano do Congresso, manifestou idêntica abertura negocial com o objetivo de evitar o precipício fiscal:

“Esta é uma oportunidade para o Presidente assumir a liderança. É o momento de trabalhar com o Congresso numa solução que passe nas duas
câmaras. Ambos sabemos que é importante para o país encontrar uma forma de evitar o precipício
fiscal “.

No geral, o plano Obama resume-se a fazer pagar mais impostos aos contribuintes com salários acima de 250 mil dólares e aligeirar a carga fiscal da classe média.