Última hora

Última hora

Parlamento alemão aprova lei controversa

Em leitura:

Parlamento alemão aprova lei controversa

Tamanho do texto Aa Aa

O parlamento alemão aprovou esta sexta-feira uma lei controversa.

A nova legislação permite que os pais optem por ficar em casa para cuidar dos filhos, em vez de os enviarem para os infantários, onde atualmente é difícil encontrar vagas.

A lei esteve na origem de acesos debates entre membros da coligação governamental e a oposição.

“Não quero que os pais tenham que explicar qual é modelo certo e o errado. Idealmente o arquétipo correto é o que tem a concordância do homem e da mulher”, afirmou uma deputada da União Social Cristã.

“A nossa opinião é que esta lei fará com que menos mulheres prossigam uma carreira profissional. Além disso, haverá menos crianças com acesso à educação. Esse será o resultado desta lei”, afirmou o deputado social-democrata Peer Steinbrueck.

A lei entra em vigor a 1 de Agosto de 2013 e atribui um subsídio de 100 euros aos pais.

No exterior do Parlamento Federal manifestantes da oposição protestaram contra a nova lei e apoiaram o deputado social-democrata Peer Steinbrueck.