Última hora

Última hora

Vendée Globe: Até daqui a três meses

Em leitura:

Vendée Globe: Até daqui a três meses

Tamanho do texto Aa Aa

Dezanove dos 20 velejadores partiram este sábado do porto de Les Sable d’Olonne em França para a sétima edição da regata mais solitária e perigosa do planeta, a Vendée Globe. Um deles, o destemido Bertrand De Broc, conhecido pelos inúmeros imprevistos e acidentes que superou nas passadas edições, foi obrigado a regressar ao porto devido a um dano no casco do seu barco. De Broc deverá repartir ainda este sábado.

Fazer um prognostico sobre uma regata longa e recheada de perigos como esta é quase impossível, mas os dois grande favoritos são os franceses Armel Le Cléac’h (Banque Populaire) e Jean-Pierre Dick (Virbac-Paprec 3).

Os 19 skippers: 11 franceses, três britânicos, entre uma mulher, dois suiços, um italiano, um polaco e um espanhol, percorreram cerca de 50 quilómetros nas primeiras quatro horas. O regresso a França está marcado para daqui a três meses.

O recorde pertence ao vencedor da última edição Michel Desjoyeaux que deu a volta ao mundo em 84 dias, três horas e nove minutos.