Última hora

Última hora

Grécia: parlamento vota mais austeridade para 2013

Em leitura:

Grécia: parlamento vota mais austeridade para 2013

Tamanho do texto Aa Aa

A Grécia de regresso à encruzilhada, este domingo, entre um novo orçamento de austeridade que dá acesso a mais ajudas europeias e os protestos da população, face a um sexto ano consecutivo de recessão no país.

Vários protestos estão agendados, a partir do início da tarde, em Atenas, no dia em que o parlamento vai votar o orçamento de estado para 2013, que prevê novos cortes de 9,4 mil milhões de euros.

Para o governo de coligação, que nos últimos dias tenta garantir uma maioria no parlamento, já não está em questão a permanência do país na zona euro.

“O orçamento para 2013 representa o grande esforço dos cidadãos gregos para ultrapassar as atuais dificuldades económicas e preparar o caminho para um desenvolvimento sustentável, distante do perigo de uma bancarrota desorganizada e da marginalização”, afirmou ontem o ministro das Finanças, Yannis Stounaras.

O voto de hoje, como o de quarta-feira passada sobre as reformas estruturais exigidas pela “Troika”, é decisivo para que o país receba uma nova tranche de 31 mil milhões de euros e provavelmente obtenha mais dois anos para atingir as metas do défice exigidas pela Troika.

A tão esperada decisão não deverá sair da reunião dos ministros das Finanças da zona euro desta segunda-feira, mas fontes em Bruxelas garantem que o país deverá obter o dinheiro antes de 16 de novembro, o dia em que Atenas prevê esgotar as últimas reservas financeiras.