Última hora

Última hora

Itália: Detido pescador que entregou explosivos à Máfia

Em leitura:

Itália: Detido pescador que entregou explosivos à Máfia

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades italianas detiveram, esta segunda-feira, um homem de 57 anos, por suspeita de ligações à máfia. A detenção foi feita em Santa Flavia, a 30 quilómetros de Palermo.

Cosimo D’Amato é pescador e foi acusado de ter tirado do mar explosivos, do tempo da Segunda Guerra Mundial, e de os ter entregado à máfia.

D’Amato terá “pescado” mais de uma tonelada de explosivos, que recuperou dos destroços de um navio, no mar de Porticello.

“A quantidade de explosivos tirados do mar de Porticello ascende a centenas e centenas de quilos”, informou o procurador de Florença, Giuseppe Quattrocchi.

A detenção do pescador ocorre depois de um antigo senhor da máfia, Gaspare Spatuzza, ter confessado à polícia que tinha recolhido os explosivos num porto, perto da capital siciliana.

As autoridades informaram que os explosivos foram usados nos atentados que vitimaram, em 1992, os juízes antimáfia, Giovani Falcone, em Florença, e Salvatore Borsellino, em Milão.