Última hora

Última hora

Justiça britânica não extradita Abu Qatada

Em leitura:

Justiça britânica não extradita Abu Qatada

Tamanho do texto Aa Aa

Uma vez mais o islamita Abu Qatada, detido há dez anos no Reino Unido, conseguiu impedir a extradição para a Jordânia.

A justiça britânica deu provimento ao recurso. A comissão especial que analisa os recursos considera que Qatada poderá não ter um julgamento justo na Jordânia, apesar das garantias do governo Amã.

A ministra britânica do Interior, Theresa May, não escondeu o desagrado pela decisâo:
“Eu preciso de dizer a esta comissão que o governo está em profundo desacordo com esta decisão. Qatada é um homem perigoso, suspeito de terrorismo, acusado de crimes graves, no seu país, a Jordânia”, afirmou.

Sem acusação formal no Reino Unido e sem sentença de extradição, esta terça-feira, Abu Qatada será libertado.

A decisão da justiça é um duro golpe para as autoridades britânicas que há uma década tentam, sem sucesso, extraditá-lo, numa verdadeira maratona judicial.