Última hora

Última hora

Liga Árabe modera ânimos em relação à nova coligação contra Bashar al-Assad

Em leitura:

Liga Árabe modera ânimos em relação à nova coligação contra Bashar al-Assad

Tamanho do texto Aa Aa

Foi uma receção considerada “morna” aquela que a Liga Árabe exprimiu oficialmente em relação ao surgimento de uma plataforma política que reúne a oposição síria. Antes, seis Estados do Golfo, entre os quais o Qatar, a Arábia Saudita e os Emirados Árabes Unidos, tinham anunciado que consideram a nova coligação como “a única representante legítima do povo sírio.”

No entanto, em conferência, os representantes da Liga Árabe declararam apenas esperar que “outros movimentos da oposição se venham juntar a este bloco nacional, para unir todas as fações sírias.” Será exatamente a questão da representatividade que estará a moderar os ânimos, levantando, alegadamente, reservas em países como a Argélia.

Bashar al-Assad enfrenta, agora, outro foco de tensão: Israel continua a atacar posições militares sírias, ao longo da fronteira, como resposta ao lançamento de morteiros sobre os Montes Golã.