Última hora

Última hora

Suu Kyi em visita à Índia

Em leitura:

Suu Kyi em visita à Índia

Tamanho do texto Aa Aa

A líder da oposição do Myanmar, Aung San Suu Kyi, está na Índia, quase quatro décadas depois da última visita.

A viagem acontece dois anos depois das eleições, na antiga Birmânia, que colocaram, formalmente, fim ao regime militar.

Na agenda, a Prémio Nobel da Paz, inclui um encontro com o primeiro-ministro Manmohan Sing, uma visita ao parlamento indiano e uma palestra pública.

Aung San Suu Kyi incluiu, ainda, uma visita ao colégio que frequentou em Nova Deli, nos anos 60. Na época a mãe exercia o cargo de embaixadora da Birmânia, na capital indiana.

Para a diretora do colégio, esta visita, é um sonho tornado realidade.

“É um sonho que tivemos durante anos pois ela é um ícone, não só para as mulheres mas também para as pessoas que acreditam na democracia, na justiça e na responsabilidade social,” assegura a diretora Meenakshi Gopinath.

A visita de Aung San Suu Kyi à Índia ocorre dois dias depois do Myanmar ter sido sacudido por um terramoto de magnitude de 6.8 na escala de Richter.

O sismo provocou 26 mortos, mais de 200 feridos e 12 desaparecidos, segundo os dados da Cruz Vermelha Internacional.

Com centenas de edifícios destruídos, são muitos os que ficaram desalojados.