Última hora

Última hora

Grécia não faltou à chamada e parou durante 3 horas

Em leitura:

Grécia não faltou à chamada e parou durante 3 horas

Tamanho do texto Aa Aa

Em Atenas, as bandeiras de Portugal, Grécia, Espanha e Itália encabeçaram a paralisação de 3 horas, convocada pelos sindicatos, que percorreu o centro da cidade e terminou na Praça Syntagma, junto ao parlamento grego .

Escolas, transportes e outros serviços públicos paralisaram em protesto contra “esta Europa”, mergulhada numa “austeridade cega” e numa forma de governação que é hoje criticada em 29 países europeus.

Os sindicalistas gregos exigem “uma mudança de política em toda a Europa que invista na economia real, que promova o crescimento e a criação de empregos”.

Os representantes sindicais afirmam que “só quando toda a Europa acordar finalmente é que eles (decisores políticos e económicos) vão ser obrigados a sentarem-se à mesa para analisar qual é o problema e porque é que as pessoas estão na rua”.

A Grécia aprovou um orçamento para 2013 que agrava ainda mais os impostos e reforça os cortes na despesa.

O desemprego mais do que triplicou desde 2008 e ultrapassa já os 25% da população ativa com perspetiva de agravamento.