Última hora

Última hora

Portugal: Greve termina em confrontos em frente ao Parlamento

Em leitura:

Portugal: Greve termina em confrontos em frente ao Parlamento

Tamanho do texto Aa Aa

Milhares de portugueses manifestaram-se, esta quarta-feira, nas ruas de Lisboa em protesto contra as medidas de austeridade adotadas pelo governo de Passos Coelho.

A greve geral, convocada pela CGTP, culminou com um discurso, em frente ao Parlamento, do líder da Intersindical.

Arménio Carlos assegurou que esta foi, “sem sombra de dúvidas”, “uma das maiores greves gerais realizadas em Portugal”.

Ainda sem um número global da adesão dos trabalhadores, o líder da CGTP assegurou que foi na administração pública e nos transporte que a greve mais se fez sentir

Depois dos discursos os ânimos exaltaram-se. Os manifestantes derrubaram as barreiras de proteção, junto à escadaria de São Bento, e arremessaram pedras, garrafas e balões com tinta, contra o cordão do corpo de intervenção e do grupo cinotécnico da PSP.

As autoridades informaram que cinco pessoas ficaram feridas, uma foi hospitalizada.