Última hora

Última hora

Zona euro enfrenta segunda recessão desde 2009

Em leitura:

Zona euro enfrenta segunda recessão desde 2009

Tamanho do texto Aa Aa

A zona euro está oficialmente em recessão. Os números publicados pelo Eurostat esta quinta-feira revelam que o produto interno bruto do conjunto dos 17 países que utilizam a moeda única recuou pelo segundo trimestre consecutivo, apesar das economias da Alemanha e da França terem registado um ganho de duas décimas no período entre julho e setembro. Depois de uma contração de 0,2 por cento no segundo trimestre de 2012, o PIB da zona euro perdeu uma décima no terceiro trimestre. A austeridade é agora vista como responsável pela segunda recessão na zona euro desde 2009.

“É claro que as economias são fortemente interdependentes. Mas o abrandamento atual resulta sobretudo do apertar do cinto, em particular no que respeita às despesas dos estados. As políticas fiscais estão a travar o crescimento económico” – afirma David Kohl, do Julius Bär Bank.

A Comissão Europeia prevê uma contração de 0,4 por cento para a economia da zona euro em 2012. E a recuperação para o próximo ano começa a ser uma miragem. Em Bruxelas estima-se que o PIB da zona euro cresça 0,1 em 2013.

O clima de crise levou por outro lado a uma queda dos preços, o que acaba por ser visto como um dado positivo. A inflação na zona euro passou dos 2,6 por cento em setembro para 2,5 por cento em outubro.