Última hora

Última hora

AIEA: Irão duplicou produção de urânio enriquecido em central secreta

Em leitura:

AIEA: Irão duplicou produção de urânio enriquecido em central secreta

Tamanho do texto Aa Aa

Nem as sanções internacionais, nem a ameaça de uma ofensiva militar parecem conseguir travar o programa nuclear iraniano.

Um novo relatório da agência de energia atómica da ONU (AIEA) relança as dúvidas sobre os objetivos de Teerão, que teria aumentado a produção de urânio enriquecido a 20% (longe dos 90% necessários para produzir uma bomba atómica).

O documento afirma que as autoridades iranianas teriam duplicado para 2.800 o número de centrifugadoras em funcionamento na instalação secreta e subterrânea de Fordow, o que poderia acelerar a corrida a uma arma nuclear.

Os inspetores denunciam, uma vez mais, a falta de cooperação iraniana, nomeadamente no acesso às instalações militares de Parchin, nos arredores de Teerão, onde as autoridades teriam testado vários explosivos.

O relatório deverá ser discutido durante a reunião da Agência Internacional de Energia Atómica no final do mês, em Viena, antes de um novo encontro dos inspetores com as autoridades iranianas previsto para o dia 13 de dezembro.