Última hora

Última hora

Israel abre nova frente ao quinto dia de conflito em Gaza

Em leitura:

Israel abre nova frente ao quinto dia de conflito em Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

Israel abre uma nova frente de combate na ofensiva em Gaza ao recorrer esta noite, e pela primeira vez, aos navios de guerra para bombardear o centro e o norte do território palestiniano.

Os ataques desta noite atingiram as instalações da rádio e da televisão do Hamas na cidade de Gaza, ferindo seis jornalistas.

Vários mísseis voltaram a atingir pela segunda noite consecutiva a zona de Rafah junto à fronteira egípcia, provocando pelo menos 5 mortos, entre os quais um líder do grupo armado Jihad islâmica.

Desde o início do conflito, na quarta-feira, que 48 palestinianos e três israelitas morreram no fogo cruzado entre rockets e mísseis, quando Israel prossegue os preparativos para uma eventual ofensiva terrestre.

A guerra de palavras entre os dois campos parece afastar para já a possibilidade de uma trégua.

O ministro do Interior israelita afirmou ontem que o objetivo da operação é, “fazer com que Gaza regresse à idade média”, para garantir a paz na região.

Numa declaração difundida esta noite, o líder do braço armado do Hamas afirmou, por seu lado, que as capacidades militares do movimento permanecem intactas, lembrando que 5 milhões de israelitas estão ao alcance dos rockets do grupo armado.

Os militantes difundiram um vídeo do que afirmam ser um ataque com um míssil terra-ar que teria abatido ontem um avião israelita em Gaza.