Última hora

Última hora

Israel: Trégua só com fim dos mísseis do Hamas

Em leitura:

Israel: Trégua só com fim dos mísseis do Hamas

Tamanho do texto Aa Aa

Israel autorizou, este domingo, a entrada na Faixa de Gaza de uma coluna de camiões com medicamentos e comida para a população civil. Apesar deste gesto, um cessar-fogo afigura-se, por enquanto, difícil. O governo israelita afirma que uma trégua apenas será possível se os militantes palestinianos deixarem de lançar mísseis sobre o seu território. Uma opinião partilhada pelo presidente americano Barack Obama:

“Nenhum país no mundo iria tolerar uma chuva de mísseis sobre os seus cidadãos vinda do exterior das fronteiras” – Obama assegurou no entanto que os Estados Unidos estavam a trabalhar com todas as partes na região para tentar encontrar uma solução.

O primeiro-ministro israelita, Benjamin Netanyahu, aumentou a pressão este domingo ao afirmar que o país estava a pagar um “preço elevado com as ações do Hamas e das organizações terroristas” e que o exército estava preparado para “uma expansão significativa das operações”.

Apesar destas palavras, os contactos prosseguem no Egito. No sábado o presidente Mursi tinha-se mostrado relativamente otimista. As próximas 48 horas serão decisivas. Na segunda-feira o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, desloca-se ao Cairo e na terça-feira uma delegação da Liga Árabe deverá visitar a Faixa de Gaza.