Última hora

Última hora

Roquetes Qassam no sul de Israel

Em leitura:

Roquetes Qassam no sul de Israel

Tamanho do texto Aa Aa

Os roquetes palestinianos fizeram sete feridos este domingo no sul de Israel. Em Shaar Haneguev, junto à fronteira, uma pessoa ficou ferida com gravidade. Em Ofakim foi uma viatura com quatro ocupantes que foi atingida. E em Ashkelon, sensivelmente a 15 quilómetros a norte da Faixa de Gaza, um projétil caiu num prédio residencial de quatro andares e fez dois feridos. Foram lançados contra localidade pelo menos cinco roquetes durante a manhã:

“O alarme não soou mas o meu cão sentiu qualquer coisa. Ele começou a ficar nervoso e a ladrar. Foi então que eu pensei num míssil Qassam, logo a seguir ouvi uma grande explosão. Os vidros partiram-se assim como tudo o resto em casa” – explica um residente do prédio atingido.

Durante a tarde, o enviado da euronews a Israel deslocou-se Sderot, na linha da frente. Do topo de uma colina vislumbra-se Gaza. A localidade detém o recorde do número bombardeamentos palestinianos no país. Muitos habitantes, a maioria judeus ultraortodoxos, costumam vir até este local para ver os raides israelitas no enclave palestiniano. Alguns aplaudem as explosões do outro lado da fronteira. Mas às vezes o contrário também acontece, como explica o repórter Luis Carballo:

“Os habitantes do sul de Israel têm uma fé cega no sistema antimíssil Cúpula de Ferro. Mas o sistema está longe de ser perfeito. Por vezes a bateria falha a intersecção de um míssil e pode acontecer isto. Um roquete Qassam atingiu uma casa neste bairro. Isto é um fragmento desse roquete que caiu a vinte metros de uma escola.”