Skip to main content

|

O líder do Hamas no exílio garante que a proposta de um cessar-fogo para Gaza partiu de Israel.

Khaled Meshaal reuniu-se, esta segunda-feira, com presidente egípcio no Cairo numa altura em que se multiplicam os esforços diplomáticos para pôr fim ao conflito israelo-palestiniano.

Em conferência de imprensa o dirigente do movimento radical islâmico que controla a Faixa de Gaza desde 2007 disse estar empenhado numa trégua mas recusa aceitar as condições impostas pelo Estado hebraico. Meshaal adiantou que o cessar-fogo não pode ser alcançado sem que sejam tidas em conta as exigência do Hamas, desde logo, o fim da agressão.

Israel não confirma o pedido de tréguas, mas já fez saber que prefere uma solução diplomática a um ataque terrestre em Gaza.

O Estado hebraico considera, no entanto, que uma ofensiva por terra é inevitável caso as duas partes não cheguem a um acordo.

Copyright © 2014 euronews

Mais informação sobre
|

Login
Por favor, introduza os seus dados de login