Última hora

Última hora

Primeiro-ministro turco ataca Israel

Em leitura:

Primeiro-ministro turco ataca Israel

Tamanho do texto Aa Aa

Israel é um estado terrorista. A afirmação foi feita pelo primeiro-ministro turco, esta segunda-feira,
no Conselho Islâmico da Eurásia, depois de se intensificarem os ataques contra a Faixa de Gaza que, este domingo, provocaram a morte a mais de três dezenas de civis.

Israel e Turquia, antigos aliados, estão de costas voltadas desde 2010 mas não é só Ancara que critica a situação no terreno.

A tensão entre israelitas e palestinianos esteve na ordem do dia numa reunião dos chefes da diplomacia da União Europeia, em Bruxelas.

Mais uma vez, Catherine Ashton, frisou a importância de se encontrar uma solução permanente:

“Pedimos a cessação imediata das hostilidades. Sobre esta questão apoiamos os esforços de mediação do Egito e de outras partes. Já me ouviram repetir, muitas vezes, que uma solução de longo prazo para Gaza e avançar para a resolução do conflito israelo-palestiniano é uma necessidade.”

Ainda na capital belga, realizou-se uma pequena manifestação para pedir à União Europeia que vote a favor de que a Autoridade Palestiniana tenha o estatuto de “estado-observador” na Assembleia-Geral das Nações Unidas.