Última hora

Última hora

Reino Unido: Governo demasiadamente eurocético

Em leitura:

Reino Unido: Governo demasiadamente eurocético

Tamanho do texto Aa Aa

Durante a conferência anual da Confederação da Indústria Britânica, Roger Carr, o presidente daquela instituição, alertou o governo para que o crescente espírito eurocético do primeiro-ministro pode comprometer a prosperidade e o interesse britânico.

“Independentemente do incentivo de saída da União Europeia transmitido ao povo, empresários e políticos devem manter firme a ponte com a Europa”, disse Roger Carr, presidente da CBI.

Na mesma conferência o líder da oposição alertou que vai lutar para impedir o Reino Unido de “caminhar sonâmbulo para a saída da União Europeia”.
David Cameron justificou-se:

“Congelei algumas regalias sociais, congelei os salários de algumas pessoas, reduzi orçamentos centrais em cerca de 30 por cento, tive de reduzir o orçamento da polícia em 20 por cento. Não é credível chegar à Europa e dizer que tomámos estas decisões difíceis em casa, e que no que respeita ao orçamento europeu o vejamos
aumentar.”

Uma sondagem publicada pelo semanário Observer indicava que 56 por cento dos britânicos manifestaram que votariam “provavelmente” ou “definitivamente” a favor da saída, num referendo sobre a permanência na União Europeia.