Última hora

Última hora

Moody's tira triplo A a França e avisa sobre novos cortes

Em leitura:

Moody's tira triplo A a França e avisa sobre novos cortes

Tamanho do texto Aa Aa

Depois da Standard and Poors, agora foi a vez da Moody’s tirar o triplo A a França. A agência de notação americana cortou o rating (nota) da dívida do país para Aa1 e prometeu novos cortes, caso o governo não implemente as reformas necessárias.

A Moody’s diz que a França continua vulnerável à crise da zona euro, sobretudo por causa dos laços da economia francesa com os países em crise. O ministro das Finanças, Pierre Moscovici, reagiu assim: “Esta mudança não põe em causa nem as bases económicas do nosso país, nem as reformas com que o Governo se comprometeu, nem a qualidade da nossa assinatura da dívida.”

Apesar do corte, a Moodys diz que a redução do défice em 30 mil milhões de euros e as medidas para reduzir o custo da mão-de-obra são passos importantes. Estas medidas estão previstas no orçamento para 2013. No entanto, a Moodys realça que este orçamento se baseia em estimativas demasiado otimistas. Este corte era esperado, tal como o da Standard and Poors. Mas representa, apesar de tudo, um grande obstáculo no caminho para a consolidação das contas públicas francesas.