Última hora

Última hora

Cessar-fogo adiado em Gaza

Em leitura:

Cessar-fogo adiado em Gaza

Tamanho do texto Aa Aa

Afinal não há cessar-fogo, pelo menos esta terça-feira, em Gaza. A informação foi avançada por Benjamin Netanyahu, em conferência de imprensa, ao lado de Hillary Clinton.
 
O Primeiro-ministro israelita admitiu que um acordo de paz de longo prazo é o ideal mas que ainda não foi alcançado.
 
Para a secretária de Estado americana, que chegou nesta terça-feira a Israel para impulsionar uma possível trégua com o Hamas, paz e segurança são as palavras de ordem:   
 
“No final, não há substituto para a segurança e para uma paz justa e duradoura e a crise atual certamente lembra-nos a importância de atingirmos este objetivo. Por isso os Estados Unidos vão trabalhar com os seus parceiros, em Israel e em toda a região, para obter um resultado que reforce a segurança do povo de Israel, melhore as condições do povo de Gaza e avance para uma paz sólida para todas as pessoas da região.”
 
O Egito tem assumido a liderança na mediação deste conflito. Hillary Clinton elogiou o papel de mediador ativo do Presidente Mohamed Morsi e agradeceu-lhe o empenho na conquista da paz.