Última hora

Última hora

RDC: Conselho de Segurança da ONU condena tomada de Goma

Em leitura:

RDC: Conselho de Segurança da ONU condena tomada de Goma

Tamanho do texto Aa Aa

O Conselho de Segurança da ONU adotou de forma unânime uma resolução que condena a captura de Goma pelos rebeldes do M23.

A capital da província do Kivu-Norte, no Leste da República Democrática do Congo, foi tomada esta terça-feira sem oposição do Exército congolês ou das forças das Nações Unidas no terreno.

O Conselho de Segurança apelou a sanções contra dois chefes rebeldes e exigiu o fim do apoio de países estrangeiros ao M23, numa alusão ao Ruanda e ao Uganda.

A respeito das críticas contra a inação dos “capacetes azuis”, o representante da França nas Nações Unidas disse que “pode parecer estranho, do exterior, soldados que não lutam, mas as forças da ONU não tomam parte numa guerra civil, nem devem fazer o serviço do Exército nacional”.

Segundo a associação Médicos Sem Fronteiras, o conflito no Kivu-Norte é responsável, só nos últimos dias, por mais de cem mil deslocados e a ONU acusa ainda os rebeldes de sequestrarem mulheres e crianças.