Última hora

Última hora

Terror regressa a Telavive com bomba em autocarro

Em leitura:

Terror regressa a Telavive com bomba em autocarro

Tamanho do texto Aa Aa

Um autocarro explodiu no centro de Telavive e fez pelo menos dez feridos, dos quais três em estado grave, segundo os socorros.

A polícia israelita não tem dúvidas de que se trata de um ataque terrorista, certamente uma retaliação pelos recentes ataques à Faixa de Gaza, que vão já no oitavo dia.

O ataque de hoje é uma mudança de tática por parte das forças palestinianas, que tinham deixado este tipo de atentados há seis anos. Desde 2006 que a capital comercial e económica de Israel não era palco de um atentado à bomba.


View Larger Map

Ao contrário dos anteriores ataques, este não foi um atentado suicida. O bombista deixou uma mala carregada de explosivos no autocarro antes de sair e está a ser procurado pela polícia.

O Hamas não reivindicou, mas congratulou-se pelo ataque, na voz de um dos dirigentes, Sami Abu Zuhri, que disse que o Hamas “abençoa este ataque de mártires, que é uma reação natural aos bombardeamentos de Israel a Gaza”, nomeadamente o que matou vários membros da família Dalu, incluindo crianças.

Abu Zuhri disse ainda que o Hamas apoia a continuação deste tipo de ataques, enquanto durar a ofensiva de Israel.

Este último atentado foi festejado nas ruas de Gaza com o disparo de tiros para o ar, segundo testemunhos.