Última hora

Última hora

Egito: Morsi acumula poder

Em leitura:

Egito: Morsi acumula poder

Tamanho do texto Aa Aa

Após o protagonismo nas negociações de paz entre o Hamas e Israel, o presidente egípcio, Mohamed Morsi, blindou as suas decisões perante o Poder Judicial ao ordenar que estas “não são passíveis de recurso por nenhum meio ou órgão” até à entrada em vigor da nova Constituição.

O anúncio foi feito numa altura em que
centenas de jovens se têm manifestado contra o governo na mítica Praça Tahrir e junto do
Ministério do Interior, um ano após os sangrentos
distúrbios aí ocorridos.

Além do polémico anúncio de hoje, Morsi ordenou a substituição do procurador-geral Mahmoud Abdelmeguid por Talat Ibrahim, à luz de uma nova lei que estabelece o limite de quatro anos no desempenho desse cargo.

Morsi retém já o Poder Executivo e o Poder Legislativo depois de o Tribunal Constitucional
ter ordenado a dissolução da Câmara Baixa dois dias antes das eleição presidenciais, em junho passado.