Última hora

Última hora

Sara Takanashi, a revelação dos saltos de esqui

Em leitura:

Sara Takanashi, a revelação dos saltos de esqui

Tamanho do texto Aa Aa

A Alemanha ficou fora do pódio na competição por equipas mistas de saltos de esqui de sexta-feira, mas este sábado em Lillehammer, Severin Freund vingou-se nas provas individuais. O alemão fez um primeiro salto de 99 metros e superou os 100 no segundo. Uma performance que valeu a Freund 268.5 pontos, apenas um a mais do que o austríaco
Thomas Morgenstern, estrela dos saltos de esqui, que conta com doze medalhas de ouro olímpicas e mundiais no curriculum.

O atleta da casa, o norueguês Anders Bardal foi terceiro, enquanto na competição feminina, Sara Takanashi, assumiu-se definitivamente como promessa do esqui. A jovem japonesa de apenas 16 que colocou o Japão nos segundo lugar do pódio na prova mista e este sábado venceu a prova individual.

Takanashi fez dois saltos superiores a 95 metros, que lhe renderam 265.2 pontos no total. A norte-americana Sarah Hendrickson e a norueguesa Anette Sagen completaram o pódio.