Última hora

Em leitura:

Eurogrupo: Bruxelas diz que acordo sobre a Grécia é "essensial"


A redação de Bruxelas

Eurogrupo: Bruxelas diz que acordo sobre a Grécia é "essensial"

Os ministros das Finanças da zona euro, o Banco Central Europeu e o Fundo Monetário Internacional estão de novo reunidos em Bruxelas. Mais uma vez o objetivo é tentar chegar a um acordo sobre a ajuda financeira à Grécia, que desbloquei o desembolso da tranche dos 31,2 mil milhões de euros que estão suspensos desde junho.
À entrada para o encontro, o Comissário Europeu dos assuntos económicos, Olli Rehn, afirmou que

“é fundamental chegar a acordo. A Grécia já fez a sua parte, agora é a vez do Eurogrupo e do FMI”.

Em cima da mesa desta reunião pode estar também um novo perdão parcial da dívida grega. Uma hipótese já excluída pelos responsáveis alemães, mas que estará a ser estudada por FMI, BCE e vários países credores. O ministro das finanças francês, Pierre Moscovici garantiu que “todas as possibilidades estão em cima da mesa. O consenso está ao nosso alcance, se formos capazes de o aproveitar. Temos que ser razoáveis rapidamente”.

O correspondente da euronews em Bruxelas, James Franey lembra que “existem dois grandes problemas caso haja um novo perdão de dívida à Grécia. Primeiro, há receios de que existiam pedidos semelhantes feitos por outros países que pediram ajuda externa, como Portugal ou a Irlanda.
Além disso, seria politicamente arriscado para Angela Merkl, que teria de convencer os já eurocepticos eleitores alemães, a poucos meses de eleições na Alemanha”.

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

A redação de Bruxelas

Líderes da UE desdramatizam adiamento sobre orçamento plurianual