Última hora

Última hora

Mursi tenta entendimento com juízes em véspera de novas manifestações

Em leitura:

Mursi tenta entendimento com juízes em véspera de novas manifestações

Tamanho do texto Aa Aa

Depois dos protestos tumultuosos, os manifestantes na Praça Tahrir, no centro do Cairo, fazem um compasso de espera, no dia em que o contestado presidente Mohamed Mursi se reúne com os juízes do Conselho Superior da Magistratura para tentar acalmar os ânimos no Egito.

Mas é entre os magistrados, muitos dos quais em greve, que se encontra grande parte da oposição ao decreto de Mursi, que reforça consideravelmente os seus poderes.

Os protestos e os confrontos subsequentes já provocaram mais de 500 feridos. Um ataque contra um edifício da Irmandade Muçulmana fez um morto.

Contra as acusações de “ímpeto ditatorial”, o presidente garante que o decreto é “temporário”, evitando que o aparelho judiciário, muito associado à era Mubarak, interfira na redação da Constituição. Para esta terça-feira, estão marcadas manifestações massivas pró e contra o chefe de Estado.