Última hora

Última hora

Qatar vende dívida do Barclays

Em leitura:

Qatar vende dívida do Barclays

Tamanho do texto Aa Aa

Será que o interesse do Qatar na Europa está a desaparecer?

Ainda não. Mas a Qatar Holding, o fundo de riqueza do Emirado, decidiu converter em dinheiro 379 milhões de “warrants” que detinha do Barclays. Com esta operação, o Qatar pode lucrar 220 milhões de euros. Ao mesmo tempo, o Deutsche Bank e o Goldman Sachs ofereceram ações no valor de 914 milhões de euros.

O Qatar comprou estes “warrants”, ou seja, dívida convertível em ações, durante a operação de recapitalização do banco em 2008 e está agora a vendê-los.

A autoridade financeira britânica está a investigar estes fundos do Qatar e de Abu Dhabi, ao mesmo tempo que o Barclays tenta evitar um plano de resgate do Estado.

Como resultado, no meio destas incertezas e da investigação de que o banco é alvo, o Barclays foi o título que mais desceu no índice principal de Londres, ao perder 5,4%.

No entanto, a Qatar Holding continua a ser o maior acionista individual, com uma fatia de 6,7%.

Num comunicado, diz que mantém a confiança nas perspetivas a longo prazo do Barclays.

Com ativos que valem mais de 100 mil milhões de dólares, o gigante do investimento continua a alastrar-se pela Europa e a fazer crescer o portfólio.