Última hora

Última hora

França: François Hollande encontra-se com o patrão do grupo Arcelor Mittal

Em leitura:

França: François Hollande encontra-se com o patrão do grupo Arcelor Mittal

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente francês recebe, esta terça-feira, o patrão do grupo siderúrgico, Arcelor Mittal para tentar pôr água na fervura, após as declarações do ministro da Indústria.

Arnaud Montebourg tinha afirmado numa entrevista publicada ontem: “Não queremos os Mittal em França porque não respeitam a França”. A declaração gerou uma forte polémica e reações por parte da companhia indiana. Hoje, o ministro dá o dito por não dito:

“Os métodos do grupo Mittal não são aceitáveis e são os mesmos na Bélgica, no Luxemburgo e em França, mas é claro que a presença industrial da Mittal em França não está em causa”.

As palavras do ministro suscitaram reações mesmo nas fileiras sindicais. O grupo siderúrgico indiano representa 20 mil postos de trabalho no hexágono, distribuídos por 150 unidades de produção em todo o país.

A polémica começou com a decisão da Mittal de encerrar os fornos de Florange. O governo tenta encontrar um novo grupo para manter o funcionamento, mas a Mittal recusa-se a vender esta unidade de produção na totalidade e o prazo acordado entre a Arcelor e o governo francês expira no dia 1 de dezembro.

Esta tarde Lakshmi Mittal, a patrão do grupo Arcelor, é recebido no Palácio do Eliseu para abordar a questão diretamente com François Hollande.