Última hora

Última hora

Itália: maior fábrica de aço da Europa Ocidental suspende atividade em confronto com a Justiça

Em leitura:

Itália: maior fábrica de aço da Europa Ocidental suspende atividade em confronto com a Justiça

Tamanho do texto Aa Aa

A siderúrgica italiana ILVA, maior fabricante de aço da Europa ocidental, anunciou a suspensão da atividade devido ao novo revés com a Justiça.

A empresa afirmou que a decisão do tribunal de Taranto de apreender a mercadoria produzida pela ILVA obriga não só ao fecho da principal fábrica, localizada nesta cidade do sul de Itália, como de todas as subsidiárias dependentes dos materiais noutros pontos do país.

A siderúrgica anunciou também que vai recorrer da decisão da magistratura.

A Justiça italiana ordenou ainda a detenção de sete administradores da empresa e a abertura de um inquérito contra vários dirigentes, pelo “não-respeito das disposições judiciais”.

O procurador-geral de Taranto afirmou que “não se trata simplesmente de um inquérito ‘técnico’. Na sua origem estão princípios básicos de civismo”.

A empresa está, há vários meses, no centro de um complicado caso judicial, económico, social e político, ligado a acusações de poluição extremamente elevada, com consequências para trabalhadores e a população local e que vários dirigentes da ILVA terão tentado esconder.

A empresa conta com 7000 mil trabalhadores em Taranto e milhares de outros no resto do país. O governo reúne-se na quinta-feira com os sindicatos, que ameaçam com manifestações.