Última hora

Última hora

Alemanha: Alerta sobre contaminação de chocolates

Em leitura:

Alemanha: Alerta sobre contaminação de chocolates

Tamanho do texto Aa Aa

Uma organização de consumidores alemã está a desestabilizar a tradição natalícia, com a informação de que, em algumas caixas dos famosos calendários de chocolate, há resíduos de petróleo, que podem ser cancerígenos.

O anúncio é alarmista. Os fabricantes, no entanto, garantem que não há perigo, mas os consumidores manifestam receios.

“Nunca verifico o que há dentro de um chocolate. Normalmente é manteiga, cacau…”

“Eu estava à procura de um bonito calendário de Natal. Há uma grande variedade, mas se me diz que o chocolate tem petróleo…”

O estudo feito em 24 unidades destes famosos calendários mostra que a substância que pode ser nocíva se encontra na embalagem, em contacto com o chocolate.

Os defensores dos calendários alegam que se se comer apenas um chocolate por dia, como manda a tradição, o risco é mínimo.

Na Alemanha, as crianças comem um chocolate por dia, desde 1 de dezembro até à noite de Natal, daí a criação do calendário. Uma forma de fazer crescer água na boca para a grande noite da consoada.

Mas os calendários de fabrico caseiro voltam a estar na moda. É simples: um embrulho para cada dia, pendurados numa corda, que desparecem até ao Natal.