Última hora

Última hora

Sérvios descontentes com o TPI para a ex-Jugoslávia

Em leitura:

Sérvios descontentes com o TPI para a ex-Jugoslávia

Tamanho do texto Aa Aa

O presidente sérvio, Tomislav Nikolic, acusou hoje o Tribunal Penal Internacional para a ex-Jugoslávia de ter um preconceito contra os sérvios, na sequência da absolvição do ex-primeiro-ministro kosovar Ramush Haradinaj de crimes contra sérvios.

“É injusto. Este veredicto não permite fazer justiça às vítimas. Não deram proteção às testemunhas”, disse o procurador sérvio Vladimir Vukcvevic.

Um porta-voz do Governo sérvio alegou intimidação de testemunhas durante o julgamento.

“É grosseiro. Existem motivações políticas na decisão. Disseram que não tinham provas suficientes. Não quiseram encontrá-las. Tanta gente morta e não há provas. É terrível”, afirmou um habitante de Belgrado.

“Estou muito desiludida com a justiça deles. Simplesmente não quero fazer parte dessa Europa”, sublinhou uma outra.