Última hora

Última hora

Festa na Palestina e apreensão em Israel.

Em leitura:

Festa na Palestina e apreensão em Israel.

Tamanho do texto Aa Aa

O Estado hebraico já reagiu à decisão da Assembleia Geral da ONU e diz que, no terreno, nada vai mudar, garantiu o porta-voz do Primeiro-Ministro:

“Eu sei que eles, esta noite, estão a comemorar em Ramallah, mas a verdade é que quando a festa acabar e quando o povo acordar, amanhã de manhã, vai ver que nada mudou e que a realidade, no terreno, permanece como tem sido. A única coisa que aconteceu foi uma encenação, nas Nações Unidas. O único caminho a seguir é ter conversações de paz significativas”.

Uma posição que é apoiada pelos Estados Unidos.

A secretária de Estado norte-americana também já falou.

Para Hillary Clinton, a decisão das Nações Unidas vem prejudicar as negociações de paz. Tudo não passou de uma simples jogada diplomática:

“A Autoridade Palestina que criticou o caminho violento do Hamas e de outros grupos, desencadeou uma jogada diplomática na ONU que é contraproducente para a causa de uma paz negociada”.