Última hora

Última hora

França: governo confiante num acordo para evitar encerramento de siderurgia

Em leitura:

França: governo confiante num acordo para evitar encerramento de siderurgia

Tamanho do texto Aa Aa

O governo francês espera chegar a um acordo, este sábado, para evitar o encerramento parcial da siderurgia de Floranges e o despedimento de 600 trabalhadores.

O ministro da Indústria, Arnaud de Montebourg mostra-se confiante, tendo mesmo levado alguns “croissants”, esta manhã, aos representantes sindicais acampados à porta do ministério das Finanças em Paris.

O sindicalista da ArcellorMittal, Edouard Martin, sindicalista recorda que, “a Europa consome, em tempo normal, 200 milhões de toneladas de aço. Hoje a capacidade de produção é de 143 milhões de toneladas e o que o presidente da Mittal quer é reduzir essa capacidade para forçar-nos, no futuro, a comprar 60 milhôes de toneladas ao estrangeiro, quando a situação financeira melhorar na Europa”.

O governo ameaça nacionalizar os altos fornos da siderurgia caso não chegue a um acordo com a empresa Mittal para evitar o encerramento da instalação.

Algumas fontes referem a hipótese de um acordo para transferir os trabalhadores para outros serviços, de forma a evitar os despedimentos – o principal cavalo de batalha de sindicatos e do governo socialista.

Um combate simbólico quando o desemprego atingiu o nível mais elevado dos últimos 14 anos em França, depois de 18 meses consecutivos em alta.