Última hora

Última hora

ONU diz sim à Palestina

Em leitura:

ONU diz sim à Palestina

Tamanho do texto Aa Aa

Está aprovado o estatuto de Estado observador não-membro, para a Palestina.

A Assembleia-Geral da ONU votou a proposta de Mahmud Abbas, com 138 votos a favor, nove votos contra, incluindo dos Estados Unidos e Israel e 41 abstenções.

É o culminar de uma longa luta pela independência e contra a ocupação israelita.

Antes do voto, Abbas fez um discurso onde frisou que a autoridade palestiniana reconhece Israel e pede aos israelitas que façam o mesmo: “Não estamos aqui para tirar legitimidade a um Estado que existe há décadas, que é Israel, mas para pedir a legitimidade de um Estado que tem de nascer o mais rapidamente possível, que é a Palestina. Pedimos ao mundo que responda a uma questão precisa: Somos um povo a mais na região?”

No discurso, Abbas dirigiu duras palavras a Israel, como resposta à ofensiva na Faixa de Gaza.

Embora não seja ainda um reconhecimento pleno, este voto abre a porta para que a Palestina venha a juntar-se a outras organizações internacionais, como o Tribunal Penal Internacional, o que pode vir a possibilitar processos contra Israel ou políticos israelitas.

A decisão da ONU foi celebrada em clima de festa em Ramallah e outras cidades palestinianas.