Última hora

Última hora

Segunda volta da eleições na Eslovénia

Em leitura:

Segunda volta da eleições na Eslovénia

Tamanho do texto Aa Aa

Os eslovenos votam dede esta manhã para o segundo turno das eleições presidenciais nas quais o ex-primeiro-ministro social-democrata Borut Pahor surge como grande favorito.

Cerca de 1,7 milhão de cidadãos com direito a voto poderão comparecer às urnas em 3.400 locais de voto.

Os eleitores poderão escolher o líder para os próximos cinco anos entre Pahor de 49 anos e atual presidente, e Danilo Türk de 60 anos, um candidato independente apoiado por dois partidos do centro-esquerda.

“Nenhum dos dois me convenceu verdadeiramente. É verdade que as sondagens apontam a vitória para Pahor ele deverá efetivamente vencer”.

“Quero apenas lembrar que os dois candidatos já se encontra no poder. Na realidade a coisas não mudam. Uma vez a direita uma vez a equerda e nada muda. Essas pessoas não conhecem a realidade”.

Segundo as últimas pesquisas, Pahor obterá nestas quintas eleições presidenciais entre 60% e 70% dos votos, enquanto Türk, apenas entre 25% e 35%.

São eleições antecedidas por uma vaga de protestos violentos que agitou Liubliana nos últimos dias.

Os confrontos entre os manifestantes e a polícia irrompeu a capital na passada semana.

Uma multidão de manifestantes atirou pedras e garrafas contra a polícia e tentou romper um cordão de isolamento que protegia o Parlamento.

As pessoas protestam contra as medidas de austeridade tomadas pelo governo e supostos casos de corrupção envolvendo várias personaldades.

A economia da Eslovénia atravessa uma das piores recessões dos paises da zona do euro.