Última hora

Última hora

Comunidade Internacional aumenta pressão sobre Israel

Em leitura:

Comunidade Internacional aumenta pressão sobre Israel

Tamanho do texto Aa Aa

A decisão israelita de avançar com a expansão de colonatos está a deixar a comunidade internacional à beira de um ataque de nervos.

Esta segunda-feira, pelo menos cinco países europeus chamaram os embaixadores de Israel na tentativa de dissuadir o Estado hebraico.

Em causa estão os planos anunciados recentemente pelo governo liderado por Benjamin Netanyahu para construir mais 3000 casas em Jerusalém Oriental e na Cisjordânia.

Londres, Paris, Madrid, Estocolmo e Copenhaga contestam a decisão tomada como medida de retaliação após o reconhecimento do Estado da Palestina na Assembleia-geral das Nações Unidas.

“Estocolmo convocou o embaixador israelita para transmitir o descontentamento com a atual situação, à semelhança do que aconteceu em Londres e em Paris.
Os países da União Europeia podem vir a tomar medidas sobre esta questão, mas ainda é cedo para revelar quais” afirma Carl Bildt, ministro dos Negócios Estrangeiros sueco.

Indiferente à pressão internacional, Israel já fez saber que a decisão é para manter.
Uma postura já criticada pelos Estados Unidos.