Última hora

Última hora

Papa no Twitter

Em leitura:

Papa no Twitter

Tamanho do texto Aa Aa

O Papa aderiu às novas tecnologias e tem, a partir de hoje, uma conta no Twitter.

Os utilizadores da rede social podem começar a colocar questões a Bento XVI, mas as respostas só vão ser dadas dentro de nove dias.

O Vaticano diz que o objetivo é aproximar o Papa dos jovens. Nas ruas de Itália, as opiniões dividem-se.

“Devemos de caminhar juntos e utilizar os benefícios dos novos meios de comunicação para evangelizar. O que está a acontecer, ou seja, o facto de o Papa se aproximar dos mais jovens que utilizam estas tecnologias é muito bonito” afirma a irmã Giuliana Cinciatto dos Santos.

“Não me parece boa ideia. Penso que devia fazer outras coisas para se aproximar dos jovens, como permitir o uso de preservativos. Creio que seria melhor e podia sempre falar sobre isso no tweeter” refere Sandro Autens, turista holandês.

Os idiomas em que vai ser feita a comunicação já estão definidos. Numa primeira fase estão previstas oito línguas, entre elas o português.

Fontes do Vaticano admitem que o papel do Papa de 85 anos passe, essencialmente, por selecionar os textos antes de serem publicados.